UFR-PI R$ 3,29Taxa SELIC

Acesso rápido

Do que você precisa?

Dar Web
Sex, 30 de Novembro de 2018 13:52   -   Última atualização em Seg, 03 de Dezembro de 2018 09:38

Sefaz apresenta inovações para melhor atendimento durante o IV Seminário de Integração

PDF Imprimir E-mail

IMG 6361

A Secretaria Estadual da Fazenda (SEFAZ) realizou, na última quinta-feira (29), o “IV Seminário de Integração”, no auditório Francisca Trindade, da Escola Fazendária.

Durante a abertura do evento, o Superintendente da Receita Estadual, Antonio Luiz Soares Santos, representou o secretário da Fazenda, Rafael Fonteles. “Esse seminário é importante para compartilharmos todas as ações e projetos desenvolvidos pela Sefaz, em suas diversas áreas, receita, tesouro e administrativa. É uma oportunidade de integração e aprendizagem”, enfatiza.

Ele ainda destacou o trabalho dos servidores da Sefaz, que contribuiu para que o Piauí fosse o primeiro lugar em incremento da arrecadação do Brasil, até o mês de outubro desse ano, mesmo com a crise econômica que afeta todo o país. E a previsão é que o Estado obtenha um incremento em torno de 13% a 14% até o final do ano. 

No entanto, apesar desse incremento na arrecadação, o Superintendente do Tesouro Estadual, Emílio Júnior, alerta que o Governo tem que adotar uma série de medidas para controlar e cortar despesas. Segundo o Superintendente, esse incremento da receita ajudou o Piauí a superar a crise econômica, mas o Estado ainda passa por muitas dificuldades e um dos principais desafios para 2019 é a gestão de controle dos gastos.

Por isso mesmo foi publicada uma resolução que prevê cortes de despesas no Estado. “Hoje no Estado temos cerca de 99 mil contracheques de servidores, desses 42 mil são inativos e pensionistas, mais ou menos 44% dos servidores. Com a estimativa de aposentar cerca de 10 mil servidores no próximo ano, esse índice será superior a 50%. Além disso, a projeção de aumento da folha até o mês de outubro, com o reajuste das categorias, foi de  cerca de 8,5%, comparando 2018 com 2017, sendo que, enquanto a folha de ativos cresceu 4% a dos inativos cresceu 12%”, comentou o Superintendente do Tesouro.     

IMG 6402

Emílio Júnior ainda ressalta que se esse aumento na folha for de 9% até o final do ano, isso representará um aumento de R$ 400 milhões por ano.  “O Estado ainda tem que dispor de R$ 1 bilhão por ano para cobrir o déficit da previdência, sedo que a previsão é aumentar para R$ 1,5 bilhão/ano. É por isso que têm que ser adotadas medidas, como as que constam na resolução, para  conter os gastos”, explica Emílio Júnior. 

Ele também parabenizou a iniciativa do Seminário de Integração. “Eu quero parabenizar a realização do seminário porque ajuda todos nós a conhecer e a vencer os desafios da Sefaz, em todas as áreas. É uma forma de trazer todo o ‘corpo’ dessa instituição para um compromisso com o Estado. É o trabalho da Sefaz que ajuda o Estado a cumprir com suas obrigações, nas suas diversas áreas, segurança, saúde, infraestrutura, etc”, afirmou o Superintendente do Tesouro Estadual, Emílio Júnior. 

IMG 6373

O Superintendente de Gestão, Logística e Tecnologia da Sefaz, Cristovam Cruz, ressaltou durante o seminário a importância do Estado buscar parcerias para obter recursos para investimentos, a exemplo do PROFISCO. “A Casa Civil ainda deve mandar o projeto para a aprovação do Senado. Quando assinarmos o contrato vamos poder investir na modernização da gestão fiscal. Com a liberação dos recursos, vamos investir em reformas, aquisição de novas tecnologias, enfim, na modernização da secretaria da Fazenda”, afirma Cristovam.     

O Seminário de Integração  é uma realização da Assessoria de Comunicação da Sefaz que visa aperfeiçoar a integração e a comunicação entre seus diversos setores da instituição. 

O evento reúne gestores e servidores para informar sobre as principais ações e projetos desenvolvidos pelo órgão, aperfeiçoando essa integração, motivados os servidores e contribuindo para melhorar a prestação de serviço junto à sociedade.  

 

Planejamento Estratégico 

IMG 6380

O Auditor Fiscal e Coordenador da Assessoria de Projetos e Gestão (ASPRO), Ricardo Cardoso Pires, apresentou o Planejamento Estratégico 2019-2022, incluindo o novo mapa estratégico e os seus objetivos estratégicos.   

“Depois, a equipe da ASPRO irá passar em cada diretoria para construir um plano de trabalho com objetivos específicos de cada setor. Vamos definir metas da unidade, depois elaborar plano de ação das gerências e, por fim, executar o plano de ação”, comenta Ricardo.  

 

Malhas Fiscais 

IMG 6388

A apresentação das malhas fiscais foi feito pelo auditor fiscal Feliphe Araújo, da Gerência de Projetos da Superintendência da Receita (SUPREC). 

Segundo o auditor fiscal, com os desafios do mundo globalizado é necessário automatizar os processos para melhorar a prestação de serviço público. “A implementação das malhas fiscais melhora a transparência em relação à sociedade, bem como ajuda a incrementar a arrecadação estadual”, declarou o auditor fiscal.  

Dentre os benefícios destacado em relação à informatização da relação entre o Fisco e os contribuintes, o auditor citou os seguintes: alcance amplo e rápido, correção de procedimentos, autorregularização. incremento da receita, detecção de fraudes e previsão de comportamentos. 

Ele ressaltou ainda que um dos principais benefícios da implantação das malhas fiscais é que a Sefaz orienta os contribuintes, ou seja, trabalha no intuito de prevenir, mostrando as divergências existentes nas declarações que eles passam para o fisco, a fim de que esses contribuintes façam o reparo dessas informações erradas. “Muitas vezes eles cometem erros e não uma fraude fiscal, portanto, a ideia é trabalhar preventivamente para que o contribuinte se regularize, de forma espontânea. Isso melhorando a relação entre fisco e contribuinte”, afirmou Feliphe. Ele acrescentou que a Sefaz também está promovendo treinamentos, inclusive para contadores que atuam na prestação de contas das empresas. 

 

Atendimento Virtual

IMG 6405

Uma das grandes inovações apresentadas durante o seminário é ou uso da inteligência artificial para melhor o atendimento ao público, por meio de um robô virtual, denominado Teresa, que ganhou esse nome em homenagem à Imperatriz Teresa Cristina. 

“Esse atendimento vai ser feito com mais rapidez e o atendimento ao público será feito 24 horas por dia. Vai inclusive servir também para tirar dúvidas dos próprios servidores”, explicou o coordenador de Atendimento da UNICAT, Wagno Pereira Linhares, que fez a apresentação da atendente virtual da Sefaz.

Inicialmente, a Teresa irá responder questionamentos sobre o IPVA e a Nota Piauiense, mas está sendo treinada para facilitar atendimento em relação às questões do trânsito, auditoria e demais serviços relacionados à Sefaz. O cidadão vai, além de saber de todos os débitos, poder imprimir o boleto para efetuar o pagamento do IPVA, sem precisar se dirigir a uma agência de atendimento para efetuar o cálculo. 

   

 

CONFIRA AS FOTOS DO EVENTO

094e3d0f 6446 4c38 99b6 9be5ddb93968

e4702ee6 00a2 4338 bee4 4352d09f8290

f506ad17 2091 4b8a 9b06 2411e37fe66a

IMG 6363

IMG 6364

IMG 6365

 

 

Escrito por Luciana - ASCOM